EM ÓBIDOS, JUNTAM-SE O FOLIO E A UTOPIA

A segunda edição do FOLIO – Festival Literário Internacional de Óbidos tem como tema a Utopia, em homenagem aos 500 anos da obra homónima de Thomas More. De 22 de setembro a 2 de outubro, vive-se em ambiente multicultural na vila literária da UNESCO.

A marcar datas significativas deste ano no mundo da literatura, como o centenário do nascimento de Vergílio Ferreira ou os 400 anos sobre a morte de Shakespeare e Cervantes, esta edição do festival revisita-lhes as obras através de peças de teatro, dança, música, exposições, aulas e debates. E nem sequer é preciso chegar até Óbidos para entrar no espírito do festival, pois todos os dias há “comboios literários”, com livros e poemas a bordo, a fazer a ligação entre a estação do Rossio (Lisboa) e a vila.

O FOLIO vai contar com um extenso painel que inclui escritores, músicos, criadores, políticos ou jornalistas, que se misturam em iniciativas como debates, tertúlias, conversas ou espetáculos. Este ano, estão presentes autores internacionais que dispensam apresentações, como Salman Rushdie, o premiado islandês Jón Kalman Stefánsson, a angolana Djaimilia Pereira de Almeida, o mexicano Juan Pablo Villalobos ou o vencedor do Prémio Nobel da Literatura 2001, V.S. Naipaul. Quanto aos portugueses convidados, incluem-se Marcelo Rebelo de Sousa, Manuel Alegre, Gonçalo M. Tavares, Inês Pedrosa, Jacinto Lucas Pires, Mário Zambujal e Clara Ferreira Alves, entre muitos outros.

Nos espetáculos, em exclusivo, Camané vai cantar Tom Jobim pela primeira vez, Sérgio Godinho faz-se acompanhar pelo pianista Filipe Raposo numa espécie de recital que conta com a colaboração do coreógrafo Rui Horta e os músicos brasileiros Lívia Nestrovski e Fred Ferreira estreiam-se em Portugal com um “repertório utópico” criado para o festival que invoca autores como Vinicius de Moraes, Dorival Caymmi e Fernando Pessoa. Também na gastronomia se cria uma ligação inovadora com a literatura através do Cooked Book, que conta com a participação do restaurante algarvio Vila Joya (detentor de duas estrelas Michelin) para apresentar pratos com história.

Há ainda um capítulo do festival dedicado à educação e à promoção dos hábitos de leitura e outro à ilustração, no âmbito do qual se inclui a presença da ilustradora alemã Jutta Bauer, vencedora do Prémio Andersen Christian Hans – equivalente ao Nobel da Literatura Infantil – em 2010.

Óbidos ganhou o título de “vila literária” graças ao projeto que a Câmara Municipal implementou em 2011, em parceria com a Ler Devagar, com o objetivo de abrir livrarias em locais invulgares – numa igreja, num mercado biológico, numa adega e até numa antiga escola primária. Esta criatividade foi reconhecida com o título de “cidade da literatura”, pela UNESCO, em 2015.

O programa completo do FOLIO pode ser consultado na página do festival, que permite sincronizar a agenda com o computador ou o smartphone para ter acesso à programação, fazer check in nos eventos preferidos, comprar bilhetes e receber notificações quando estiverem prestes a começar.

Texto: Mariana Magalhães
Imagem: FOLIO

F
luskmagazine
77
 Photos
43
 Followers
44
 Following
Com um fim de semana grande à porta e os feriados dos próximos meses a pedir uns dias fora da cidade, decidimos dedicar as próximas publicações ao melhor que o Algarve tem para oferecer, a começar pela #natureza. A ler em #luskmagazine.com #algarveOs vinhos brasileiros começam, lentamente, a aparecer nos radares dos apreciadores. Para descobrir hoje, em luskmagazine.com #luskmagazine #brasilwinesUm roteiro gastronómico por Dublin à boleia do Guia Michelin #dublin #luskmagazineEste fim de semana é o ponto alto da Feria de Abril, em #Sevilla #luskmagazineO lado bem-humorado de Paul Klee em exposição no Centre Pompidou, para descobrir hoje em luskmagazine.com #luskmagazineUm resort luxuoso à sombra de um vulcão na Costa Rica #luskmagazineHappy Birthday Mr Tarantino #themaster #luskmagazine #luskBjarke Ingels foi o arquitecto responsável pelo Serpentine Pavilion deste ano #serpentine #london #architecture #luskmagazine #luskSe lhe dissermos O trabalho da portuguesa Helena Almeida está em exposição no Jeu de Paume, em Paris, até ao dia 22 de Maio #jeudepaume #helenaalmeida #luskmagazine #luskAprender animação com a @khanacademy e a @pixar #luskmagazine #lusk #khanacademy #pixarPartilhamos consigo um dos segredos mais bem guardados de #Roma: o restaurante Sofia #luskmagazine #luskUm museu debaixo de água, em pleno oceano Atlântico #lanzarote #museoatlantico #lusk #luskmagazineUma app para enófilos #vivino #luskNo terraço de um prédio em #Copenhaga, o CleanSimpleLocal oferece cozinha biológica de alto nível #lusk #luskviagensO museu da Porsche na Alemanha, obrigatório para os fãs da marca e para os amantes da arquitectura moderna #lusk #viagens #alemanha #porschePlanos para o fim de semana: planear as próximas férias na #BTLAinda há bilhetes para ir ver Seu Jorge, este fim de semana! #seujorge #lisboaVestido e aparador num só: o prático vestido que Helena Slicher vestiu no seu casamento em 1759 é uma das peças mais marcantes da nova exposição do #Rijksmuseum #amsterdam #lusk #luskmagazineFomos espreitar o hotel do filme Youth: Waldhaus Flims #flims #youth #hotels #lusk
F
?