SZIGET FESTIVAL: UMA “ILHA DA LIBERDADE” NA HUNGRIA

Em Budapeste, um dos maiores festivais multiculturais europeus volta a ocupar a ilha no Danúbio, de 10 a 17 de agosto, mesmo no coração da capital da Hungria.

Todos os anos, a chamada “ilha da liberdade” enche-se com cerca de 400 mil pessoas, vindas de dezenas de países em busca de uma experiência que ultrapassa o conceito habitual de festival. No Sziget, que ocorre desde 1993, não há só grandes concertos com nomes sonantes da pop/rock internacional. Na verdade, durante uma semana, congrega vários festivais num só, representando todos os géneros musicais em cerca de 50 palcos específicos, com 200 espetáculos por dia, onde se ouve do metal à folk, do jazz e blues à world music, e da música eletrónica ou alternativa à clássica.

A prová-lo está o cartaz que, este ano, espalha pelos seus palcos artistas como Rihanna, Muse, David Guetta, SIA, Manu Chao, The Chemical Brothers, Sigur Rós, John Newman, Kaiser Chiefs, Editors, Sum 41, Kodaline ou Róisín Murphy, entre dezenas de muitos outros.

Ainda assim, o festival não vive só de música e, para além de incluir outros programas que passam pelo teatro, dança, circo ou exposições, pauta-se pela diversidade, onde num momento se pode inesperadamente encontrar música tradicional cigana ao vivo e, no seguinte, um local dedicado à comunidade gay e lésbica. O ambiente que se vive no enorme recinto é muito próprio e surpreendentemente calmo, onde cabem públicos de todo o género, inclusive o familiar.

O festival oferece acampamento, inclui um espaço para banhistas, na margem do rio Danúbio, e tem fácil acesso ao centro de Budapeste.

Pode ser acompanhado através do canal oficial do YouTube ou pelo Facebook.

 

Texto: Mariana Mata

Imagens: Sziget Festival

F
luskmagazine
77
 Photos
43
 Followers
44
 Following
Com um fim de semana grande à porta e os feriados dos próximos meses a pedir uns dias fora da cidade, decidimos dedicar as próximas publicações ao melhor que o Algarve tem para oferecer, a começar pela #natureza. A ler em #luskmagazine.com #algarveOs vinhos brasileiros começam, lentamente, a aparecer nos radares dos apreciadores. Para descobrir hoje, em luskmagazine.com #luskmagazine #brasilwinesUm roteiro gastronómico por Dublin à boleia do Guia Michelin #dublin #luskmagazineEste fim de semana é o ponto alto da Feria de Abril, em #Sevilla #luskmagazineO lado bem-humorado de Paul Klee em exposição no Centre Pompidou, para descobrir hoje em luskmagazine.com #luskmagazineUm resort luxuoso à sombra de um vulcão na Costa Rica #luskmagazineHappy Birthday Mr Tarantino #themaster #luskmagazine #luskBjarke Ingels foi o arquitecto responsável pelo Serpentine Pavilion deste ano #serpentine #london #architecture #luskmagazine #luskSe lhe dissermos O trabalho da portuguesa Helena Almeida está em exposição no Jeu de Paume, em Paris, até ao dia 22 de Maio #jeudepaume #helenaalmeida #luskmagazine #luskAprender animação com a @khanacademy e a @pixar #luskmagazine #lusk #khanacademy #pixarPartilhamos consigo um dos segredos mais bem guardados de #Roma: o restaurante Sofia #luskmagazine #luskUm museu debaixo de água, em pleno oceano Atlântico #lanzarote #museoatlantico #lusk #luskmagazineUma app para enófilos #vivino #luskNo terraço de um prédio em #Copenhaga, o CleanSimpleLocal oferece cozinha biológica de alto nível #lusk #luskviagensO museu da Porsche na Alemanha, obrigatório para os fãs da marca e para os amantes da arquitectura moderna #lusk #viagens #alemanha #porschePlanos para o fim de semana: planear as próximas férias na #BTLAinda há bilhetes para ir ver Seu Jorge, este fim de semana! #seujorge #lisboaVestido e aparador num só: o prático vestido que Helena Slicher vestiu no seu casamento em 1759 é uma das peças mais marcantes da nova exposição do #Rijksmuseum #amsterdam #lusk #luskmagazineFomos espreitar o hotel do filme Youth: Waldhaus Flims #flims #youth #hotels #lusk
F
?